Pinturas 2012

Exposição coletiva de André Mendes e Fernando Franciosi / Museu de Arte Contemporânea do Paraná / Curitiba – Brasil

Parte da plasticidade da tinta e seu comportamento – a maneira que esta se acomoda e se adensa é que lhe interessa –, e transmuta essa experiência para outro corpo, capaz de cristalizar a forma, o matiz e a densidade da tinta. Assim André Mendes busca a forma que surge da viscosidade plástica que carrega a cor, e nos apresenta objetos sedutores que tem a mesma aparência orgânica da tinta, e que nada guardam do gesto e do tempo, mas que os solidifica, de tal maneira que revigoram a discussão desenho x pintura. O impulso criativo de André nestes trabalhos pode ser traduzido pelas palavras de Cezzáne,“realizada a cor em sua riqueza a forma surge em sua plenitude”. Na insistência do acaso encontra o controle da cor na superfície impecável.

 

Deborah Bruel

 

 

Processo Criativo e Obras em Movimento

trilha: dance of the sugar plum fairy – shawn lee’s ping pong orchestra

Tour Virtual acesse:

imer360.com/portifolio/autoral/andre_mendes/andre_mendes.html